1ª Assembléia do Povo

 :: Jogo :: Assembléias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1ª Assembléia do Povo

Mensagem por Narrador em Qua Nov 02, 2016 11:37 pm

As Assembleias são reuniões do povo, onde todos os 210 moradores da Arca participam e dão seus votos sobre os futuros projetos. Os futuros projetos do povo são escolhidos pelos jogadores apenas. Isso não significa que só seus personagens votam, mas que eles representam a vontade da arca.
Comentem sobre seus votos e quando houver expedições na Zona digam se seus personagens desejam participar ou não. (Logo o comentário de vocês deve ter essas duas informações).


Esta é a primeira vez que o povo se reúne inteiramente. Vocês podem ver os 210 membros da arca ali reunidos em volta de uma grande fogueira na área fronteiriça (jardins) ao complexo da Arca, recheada de pneus velho e sucatas da antiga era.

É uma noite escura e os habitantes da arca se sentem apreensivos por estarem fazendo a reunião naquele local, temendo serem atacados por algo da Zona no meio dessa Assembléia. A luz da fogueira parece evidenciar os buracos na muralha que cerca a Arca e parece que o perigo espreita a todo instante.

Em um local de destaque estão os quatro chefões da Arca: Jarba, um mutante gordo que controla o Bloco A e que parece fascinado com as tecnologias da velha era, conhecido por esconder todo artefato que encontra e por empregar vários engenhoqueiros em suas fileiras; Barbie Kaine, um homem cruel e controlador que governa o Bloco B e exige um tributo pesado de todos que residem lá, porém jamais deixa de fornecer proteção aos seus subordinados, mesmo que isso signifique sacrificar outros mutantes; Alura, uma mulher que possui mutações mentais e acredita ser uma divindade da Velha Era que voltou para guiar o povo à uma nova era. Ela domina o Bloco D e seus seguidores são distantes e fanáticos por elas; e por fim Dom Rico que mora em uma sala no Bloco Central mas tem sua influência no Bloco C. Dizem que ele é um Chefão bondoso, que já abraçou vários mutantes que seriam mortos e dá a eles uma boa vida. Até então foi o único que não iniciou um conflito direto com outros Chefões e os outros parecem receosos com sua subida ao poder.
Apesar dos Chefões não mandarem em todos na Arca, pois muitos mutantes são independentes, eles possuem mais recursos do que quaisquer outros e muitos temem contrariar suas palavras para não se verem do lado errado de uma pistola sucateada.

A assembléia começa e os cronistas contam histórias sobre a Zona, trazidas pelos batedores e histórias sobre a Velha Era, contadas pelo Ancião. Com base nessas histórias e no que o povo possui de recursos, vocês chegam as seguintes escolhas:
(Lembrando que vocês podem escolher um projeto e uma expedição à Zona)

Possíveis Expedições à Zona:

POR UM GOLE D'ÁGUA
Batedores avisaram que no Quadrante N12 há uma estação de suprimento que teoricamente poderia oferecer água ilimitada ao Povo. O Chefão Jarba enviou uma expedição para lá, mas esta não voltou ainda. Ele sugere que uma nova expedição vá até ao local, pois teme que um dia a fonte de água do povo sofra algum contratempo e já não seja o suficiente. Porém os batedores dizem que o local está infestado de carniçais da Zona.

UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL
No quadrante N17 estranhas luzes têm sido vistas saindo de um prédio da antiga Era. Entre os murmúrios dos batedores há a desconfiança que uma outra arca exista por lá. Independente do que seja, esse é um território recheado de carniçais da Zona e essa outra Arca pode ser hostil. Será que vale a pena averiguar?


Possíveis Projetos do Povoo
(Cada projeto dará um recurso diferente e exigirá uma quantidade de trabalho. Os pontos de trabalho são um indicativo do quanto demora para se completar um projeto. Para satisfazer a exigência de pontos de trabalho, os jogadores devem fazer um teste relacionado ao trabalho (cada trabalho exige testes diferentes) e cada sucesso diminui em 1 o requerimento dos pontos de trabalho. No momento em que esse requerimento chegar a 0, o projeto é concluído. Isso não quer dizer que apenas os jogadores trabalham, mas significa o quanto a arca está engajada no projeto em questão. É possível atrapalhar um projeto que esteja em andamento)

DEFESAS
Paliçadas, fortifcações ou até mesmo um fosso. Protegem a Arca contra inimigos externos e torna mais difícil entrar ou sair sem ser notado. (OFERECE RECURSO: Guerra, EXIGE: Pelo menos 10 pontos de trabalho)

GRUPO DE CAÇA
O Povo organiza expedições à Zona para rastrear e matar animais selvagens para ter grude. (OFERECE RECURSO: Comida, EXIGE: Pelo menos 5 pontos de trabalho)

CANIBALISMO
Se a Arca estiver à beira da desnutrição, o Povo pode recorrer a medidas desesperadas (OFERECE RECURSO: Comida, EXIGE: Pelo menos 5 pontos de trabalho)

TERRA DE CULTIVO
Um pedaço de terra é separado para o cultivo organizado de grãos, milho, nabo, rabanete ou mesmo cogumelos. Ferramentas simples como arados e ancinhos são feitos e utilizados. (OFERECE RECURSO: Comida, EXIGE: Pelo menos 15 pontos de trabalho)

MERCADO DE ESCRAVOS
Os Chefões da Arca começam o comércio de escravos, tirados do Povo ou de outros grupos na Zona. Eles trocam entre si ou com outros escravistas viajantes. (OFERECE RECURSO: Comida e Guerra, EXIGE: Pelo menos 10 pontos de trabalho)

CHIQUEIRO
Porcos e outros animais da Velha Era vagam livres após o Apocalipse e se tornaram criaturas selvagens e por vezes altamente modifcadas. Porém, eles podem ser capturados e usados para os fins do Povo. (OFERECE RECURSO: Comida, EXIGE: Pelo menos 10 pontos de trabalho)

TEMPLO
Um altar no qual o Povo pode celebrar os Antigos no Céu, o Primeiro Mutante ou porque não a própria Podridão. (OFERECE RECURSO: Cultura. EXIGE: Pelo menos 5 pontos de trabalho)

LUTA-LIVRE DA ZONA
Uma jaula de metal onde os mutantes mais fortes se enfrentam por balas e glória. Mutantes menos prodigiosos fsicamente podem apostar no resultado. Armas não são permitidas na jaula, mas
mutações são aceitas (OFERECE RECURSO: Guerra EXIGE: Pelo menos 5 pontos de trabalho)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 29
Data de inscrição : 01/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Assembléia do Povo

Mensagem por Dan em Qua Nov 02, 2016 11:49 pm

Expedição: Por um gole de água
Projeto: Defesas
avatar
Dan

Mensagens : 15
Data de inscrição : 01/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Assembléia do Povo

Mensagem por Álvaro Diaz em Qui Nov 03, 2016 12:00 am

Álvaro Diaz, ou Cascudo, sentava-se próximo aos seus companheiros, trajando suas roupas camufladas de costume, escutando as discussões da Assembleia, como um Batedor seus instintos lhe diziam que a Arca deveria primeiramente se focar em melhoras as Defesas como o Primeiro Projeto, a fim garantir melhor proteção ao estoque de alimentos, assim como fazer uma Expedição para garantir Água
avatar
Álvaro Diaz

Mensagens : 16
Data de inscrição : 01/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Assembléia do Povo

Mensagem por Lobo Branco em Qui Nov 03, 2016 12:06 am

Expedição: Por um gole de água
Projeto: Defesas
avatar
Lobo Branco
Admin

Mensagens : 22
Data de inscrição : 01/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Assembléia do Povo

Mensagem por Estebam em Qui Nov 03, 2016 10:03 am

Expedição: Fim do túnel, podemos não ser os únicos no mundo e eles podem ter tecnologias melhores ou até mesmo saber o caminho para o edem.
Projeto: Defesa, sempre existem perigos na zona que devemos enfrentar
avatar
Estebam

Mensagens : 23
Data de inscrição : 01/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Assembléia do Povo

Mensagem por Nemesis_EX em Qui Nov 03, 2016 11:48 am

Expedição: Por um gole
Projeto: Defesa
avatar
Nemesis_EX

Mensagens : 28
Data de inscrição : 01/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 1ª Assembléia do Povo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Jogo :: Assembléias

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum